segunda-feira, 30 de maio de 2016

Gestão x 13022

Há tempos temos a frente de nossa Secretaria de Segurança pessoas que não condizem com o nosso trabalho ou não correspondem de fato as espectativas, precisamos de alguém que conheça de trânsito ou que no mínimo se interesse em melhorá-lo e não somente em "passificá-lo" enquanto estiver a frente.
Geralmente somos comandados por alguém vindo de alguma instituição militar, mas nunca, na minha opinião, ficaram claras as propostas para a categoria, muito menos o que têm haver conosco, pois trabalhamos principalmente com fiscalização e a fiscalização do trânsito se não for a mais árdua e complexa devido as diversas situações e atores encontrados, não é a mais fácil devido as demandas.
Qualquer comparação com outra profissão de natureza militar pode ser injusto para ambas, pois queremos propostas para a categoria, reciclagem, mais autonomia,  e não comparações, pois bem, que digam ao que vieram e não somente o que acham de nós, mas o que podem fazer para nos ajudar a melhorar como profissionais.
 
A categoria nunca pode ser vista como um problema ou algo difícil de lidar, mas sim como profissionais, a casa é nossa e esperamos que seja quem for o secretário, nos ajude a cuidar dela enquanto estiver a frente.
Em quase dois anos de aprovação da lei 13022 nenhum secretário que assumiu a pasta da segurança teve a "ousadia" de discutir sobre com a categoria, não é difícil entender a questão, a impressão que passa é que estes não compreendem os anseios da categoria, a última sensação que tive é que nem se deram ao trabalho de ler a lei 13022 e acham que apenas se trata de armar ou não os guardas.
Faço um apelo ao atual secretário, que se dê ao trabalho de ler e avaliar junto aos guardas, antes de ir a qualquer jornal e falar de armas sem conhecimento prévio da lei 13022, pois a lei não trata só de armar ou não os guardas, pois trata também de estruturar a instituição.

Ps:
Fica evidente até nas sinalizações pintadas sem a observação das normas do CTB, rampa de acesso só de um lado da rua, vagas de motocicletas obstruindo o acesso ao hidrante, semáforos sucateados, enfim, fica claro que precisamos de gestores mais eficientes dentro da própria estrutura da Guarda Civil Municipal.

“O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros.” - Confúcio / "Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros." - Che Guevara