segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

SAI UPP DA PM; ENTRA UGC DA GM.

Muitos devem se lembrar que o governador Sérgio Cabral, atendendo a um pedido do deputado estadual Edson Albertassi, prometeu implantar uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Complexo Vila Brasília, em Volta Redonda, onde o tráfico de drogas ainda é constante. A presença de traficantes armados, também. A promessa foi feita em setembro de 2010. Na ocasião, Cabral garantiu que a UPP de Vila Brasília ficaria pronta até 2014. Ficaria é o termo certo, pois, até que se prove o contrário, Cabral teria voltado atrás na promessa feita a Albertassi e à população voltarredondense. De acordo com uma fonte ligada à área de Segurança Pública, o Governo do Estado teria comunicado, através de ofício encaminhado ao prefeito Neto, que o Complexo Vila Brasília – apesar de tratar-se de uma área onde a ação de criminosos é bastante notória – não comportaria uma UPP nos moldes das existentes nas favelas cariocas. A decisão estaria fundamentada também num levantamento feito pela própria secretaria estadual de Segurança Pública, que teria concluído que não há, na localidade, um fluxo ‘preocupante’ de bandidos. Nem armamento pesado. A mesma fonte vai além. Revela que outro projeto, similar ao das UPPs, está prestes a ser implantado em oito cidades do Sul Fluminense, das 13 que integram o Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública – cujo presidente atual é o prefeito de Barra Mansa, Zé Renato. Tratam-se de Unidades de Guarda Comunitária (UGCs).

Copiado do blog, GCM Porto Feliz Ivete


fonte: http://www.jornalaqui.com.br/arquivo/2011/773/paginas/capa.htm
Ano 12 - Edição 773 - Volta Redonda e Barra Mansa - 14 de janeiro de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros.” - Confúcio / "Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros." - Che Guevara