sábado, 20 de agosto de 2011

Regulamentação discutida no XXI Congresso das Guardas Municipais.

Muitos guardas de Teresópolis não souberam, mas lá em Novo Hamburgo – RS, houve nos dias 17, 18, 19 de agosto, o XXI Congresso Nacional das Guardas Municipais. 
Houve discussão sobre o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), sobre o marco regulatório da profissão de guarda municipal... Evento terminou ontem, e teve a participação de mais de mil agentes.
O texto da regulamentação foi definido no encontro realizado em Novo Hamburgo e deverá ser votado no Congresso em breve. "Espero". 
O documento regulamenta questões como escolaridade, plano de carreira e uniformes...
-------------------------
Guardas de todo o País se despedem de Novo Hamburgo
Chegou ao final na tarde da sexta-feira, 19 de agosto, em Novo Hamburgo, o 21º Congresso Nacional das Guardas Municipais, promovido pela Prefeitura de Novo Hamburgo em parceria com o Conselho Nacional das Guardas Municipais. O evento, realizado nos pavilhões da FENAC, teve início na quarta-feira, 17 de agosto. No total, participaram da iniciativa 1.129 profissionais da segurança pública, vindos de 166 municípios de 24 estados brasileiros. Em grande parte dos debates e palestras que ocorreram nos três dias, foi reforçada a discussão do tema que norteou o encontro: “O PRONASCI, os municípios e as guardas municipais na prevenção a violência”.
Entre os assuntos em relação ao PRONASCI que ganharam sustentação durante o congresso esteve a opinião do prefeito hamburguense Tarcísio Zimmermann, apresentada durante a cerimônia de abertura. 



O chefe do executivo ampliou o alerta para que o governo federal continue investindo em programas relacionados a segurança pública e que continuem fornecendo bolsas de formação que estimulem a busca pela qualificação e o crescimento individual dos profissionais.
Outro tema que tornou este um dos mais importantes congressos desde a sua primeira edição, foi o debate em torno do tema da regulamentação das Guardas Municipais, destacando as suas atribuições e competências. Um grupo de trabalho montado em Brasília, e que reúne representantes do Conselho Nacional das Guardas Municipais, sindicatos, membros de instituições e da Secretaria Nacional de Segurança Pública, elaborou uma minuta para um projeto de lei que será enviado ao governo federal. Este documento foi apresentado aos participantes do congresso, os quais puderam contribuir com sugestões. Ele contém diretrizes como as atribuições e áreas de atuação das guardas, necessidades de cooperação e do desenvolvimento de um trabalho transversal e interdisciplinar com foco na prevenção à violência.

Orgulho da Guarda Municipal
O diretor da Guarda Municipal de Novo Hamburgo, Everaldo Rosa de Souza, comentou que o Município e, principalmente, a Guarda Municipal, está extremamente orgulhosa de abrigar o congresso, sendo que esta é a segunda vez que a iniciativa ocorre no Rio Grande do Sul (a primeira edição foi na cidade de Pelotas). “Estamos satisfeitos pela forma como o evento se concretizou e recebemos muitos elogios pela organização e hospitalidade do povo da nossa cidade. Precisamos reforçar o agradecimento ao prefeito, pela sua ousadia e coragem em acolher esta iniciativa”, disse Souza. A vice-prefeita Lorena Mayer, também presente no encerramento, reforçou este fator. “É com certeza um orgulho para nós hamburguenses termos abrigado este evento”, disse.

Parabéns à Novo Hamburgo
O ex-presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais, Gilson Menezes, durante o discurso de encerramento do congresso, disse que este evento foi um divisor de águas. Ao agradecer à Administração pelo empenho na realização, ele destacou mais uma vez a importância dos guardas municipais, da união da categoria e na integração com os outros setores da segurança pública. "Nós somos grandes e temos muita importância no cenário da segurança pública do nosso País. Precisamos cada vez mais ampliar o nosso trabalho, e contribuir para a proteção dos cidadãos. O congresso alcançou seus objetivos e estamos muito felizes pela acolhida da cidade de Novo Hamburgo", disse.

“O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros.” - Confúcio / "Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros." - Che Guevara