sábado, 8 de outubro de 2011

Guarda dos guardas!

A guarda municipal, Renata Gonçalves de Paula, não é mais coordenadora da Guarda Municipal de Teresópolis, veja trecho do diário oficial de ontem:
" PORTARIA GP Nº 2121/2011 – EXONERAR RENATA GONÇALVES DE PAULA, matrícula nº 1-07553-6, do Cargo em Comissão de Coordenador de Coordenadoria da Guarda Municipal, Símbolo DAS-4, Cód. 40425, da Secretaria Municipal de Segurança Pública, a partir de 09/09/2011. PORTARIA GP Nº 2122/2011 – NOMEAR RENATA GONÇALVES DE PAULA, matrícula nº 1-07553-6, para exercer o Cargo em Comissão de Assessor Especial, Símbolo DAS-4, Cód. 40387, na Secretaria Municipal de Segurança Pública, a partir de 09/09/2011. PORTARIA GP Nº 2123/2011 – NOMEAR MAURÍCIO LOPES DOS SANTOS, para exercer o Cargo em Comissão de Coordenador de Coordenadoria da Guarda Municipal, Símbolo DAS-4, Cód. 40425, na Secretaria Municipal de Segurança Pública, a partir de 09/09/2011." 
Segundo informações o atual coordenador é Policial Militar. O texto abaixo foi publicado neste blog no dia 24/08/2011.
Nestes novos tempos de rumores sobre cargos de chefia da Prefeitura, me veio uma pergunta à mente: Será que continuará o comando de carreira na Guarda Municipal ou irão “iventar” de novo, e pôr um comando oriundo da Polícia Militar? Pessoalmente nada contra! Mas imaginem se vira moda e começam a pôr alguns delegados para comandar em batalhões, e coronéis à frente de delegacias! Indo mais adiante seria interessante convocar um Deputado do Estado para ter cargo de Presidente na Câmara Municipal? Além de imoral é ilegal, e sugere a intenção de menosprezo por parte de quem convocaria o tal Deputado.
Em contra partida, boa parte das Guardas Municipais do Brasil sofrem de uma “doença” chamada: falta de confiança por parte dos Prefeitos, uma vez que dão o comando a um militar do Estado ou para alguém que não seja um guarda municipal. Automaticamente estão nos chamando de incompetentes, já que acham que não somos capazes de por ordem em nossa própria casa. Por pior que possa ser um comando de carreira, acho melhor do que gente de fora nos comandando. “Cada macaco no seu galho” É antigo, mas funciona.
Mesmo entendendo as articulações políticas que são feitas, e alianças para fortalecimento político, pôr um comando que não de carreira em uma Guarda Municipal tira mais ainda nossa identidade de guarda civil municipal. Já existe a Secretaria de Segurança ao qual o Secretário é um militar e alias vem fazendo um trabalho benéfico. Mas a coordenadoria da Guarda Municipal é dos guardas.

Até porque, cada um que cuide da sua própria casa, e ninguém melhora casa alugada, portanto: quem falou que o comando é teu? O comando aqui é nosso. Força GM!

Um comentário:

  1. Caros amigos,

    Infelizmente por falta de percepção de muitos guardas, que não conseguem ver o que está se formando a sua frente, ficam loucos e sedentos por cargos comissionados, pensando que isso é eterno a casa cai um dia. O futuro é um grande museu, o mundo gira e deu nisso. A burrice de alguns é lamentável. Como podem deixar perder a Bolsa formação???? Mas também a culpa não é exclusivamente desses loucos sedentos por cargos, a culpa recai também para guardas que em troca de hora extras, troca de escalas e setores e outras coisas que não convém falar por aqui, ficam chorando para "LIGHT", pedindo esmolas em seu escritório após o expediente!!! Está na hora de acordar!!! Centrar na conquista coletiva e não individual.
    É além disso, SR.LIGHT não vivemos mais sob o jugo do ATO INSTITUCIONAL 5, onde os direitos e garantias individuais foram suspensas por ditadores em 1964 como você. Temos a constituição de cidadã de 1988 que permite a liberdade de expressão:
    Constituição brasileira de 1988
    Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
    V - o pluralismo político
    Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, liberdade, igualdade, segurança e a propriedade, nos termos seguintes:
    IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;
    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença
    Art. 220º A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
    § 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

    Então, não venha com historinhas, porque cão que ladra não morde!!!
    A ditadura teve seu fim há muito tempo e não se esqueça da comissão da verdade que foi montada para julgar os crimes cometidos pelos ditadores!!!

    O poder não deve ser conquistado e sim destruído!!!

    ResponderExcluir

“O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros.” - Confúcio / "Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros." - Che Guevara